Entenda a Propostas de Reajuste na Tabela do Imposto de Renda

leao-do-imposto-de-renda
leao-do-imposto-de-renda

Uma das últimas medidas apresentadas pela presidente Dilma Rousseff antes do Senado optar por dar continuidade ao processo de impeachment, foi o envio do projeto de lei de reajuste do imposto de renda para o Congresso. A medida pretende elevar em 5% os valores que constam na tabela do Imposto de Renda de pessoas físicas.

Como ficaria nova tabela do Imposto de Renda

  • Até R$1.999,18: Isento
  • De R$ 1.999,19 a R$ 2.967,98: 7,5%
  • De R$ 2.967,99 a R$ 3.938,60: 15%
  • De R$ 3.938,61 a R$ 4.897,91: 22,5%
  • Acima de R$ 4.897,92: 27,5%

Confira tudo o que você precisa saber sobre Imposto de Renda

Por que essa correção é importante?

A principal função dessa medida é adequar as faixas em que se enquadram as alíquota do imposto de renda à inflação. Todo ano há reajuste salarial de acordo com o índice inflacionário do ano anterior. Com isso, caso a tabela permanecesse inalterada, um trabalhador que não teve nenhum ganho real da sua renda irá ser obrigado a realizar o pagamento do imposto.

Ajuste inferior à inflação

De acordo com estudo realizado pelo Sindifisco, nos últimos 20 anos, o reajuste do imposto de renda foi inferior ao índice inflacionário apontado pelo IPCA, em 15 deles. Segundo a entidade, de 1996 a 2015, essa defasagem já representa um percentual de 72%. Por exemplo, no ano passado, a inflação foi de 10,7%, no entanto, a correção foi correspondente a apenas 5,6%, o que levou muitas pessoas que recebiam abaixo do teto a entrarem na mira do leão.

O reajuste não sairá de graça para o Governo

Avaliações mostram que o Governo terá um déficit de 5,2 bilhão de reais caso o reajuste seja aprovado pelo Congresso. Por isso, o projeto de lei apresentado pela presidente Dilma contém quatro medidas para compensar a queda na receita.

  • Imposto de renda sobre heranças e doações
  • Empresas que optam pelo Simples ou regime de Lucro Presumido terão o excedente dos lucros tributado.
  • Elevação dos juros sobre indivíduos que usam pessoa jurídica para receber direito de imagem
  • Redução de incentivos fiscais para indústria química e petroquímica.

E-DOU

Para ficar por dentro de tudo sobre as novas leis e publicações no Diário Oficial da União, não deixe de acompanhar o E-DOU.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*