4 áreas de atuação em expansão para advogados

Não é novidade para ninguém que uma crise econômica afeta todos os segmentos do mercado de trabalho, inclusive o de advocacia. Mas para driblar a crise, é preciso se reinventar e ampliar as possibilidades, considerar novas especialidades e qualificação.

Por isso, no post de hoje, nós listamos 4 áreas de atuação em expansão para advogados! Confira!

Compliance

Essa é uma carreira bastante recente no Brasil. O advogado especialista em compliance ganhou mais destaque a partir da lei anticorrupção, em 2013. Para que os investidores aumentassem sua confiança em relação ao Brasil e à América Latina, que possuem modelos inseguros para as negociações público-privadas, foi preciso a presença de um profissional no mercado que ficasse responsável por adequar as empresas às normas e prezar pela transparência.

Compliance é um conjunto de diretrizes ou políticas estabelecidas para que as atividades empresariais cumpram as normas legais estabelecidas. O especialista no tema tem, portanto, a função de verificar se o negócio cumpre as leis e regulamentos internos e externos, promovendo e mantendo boas práticas.

Por estar em constante contato com o mercado nacional e internacional, já que a maioria das posições é em multinacionais, é preciso saber outros idiomas e ter um perfil autônomo, investigativo, discreto e correto.

Fusões e aquisições

Uma das áreas de atuação mais famosas do Direito Empresarial está em alta nos últimos anos – e promete continuar – devido à atual conjuntura política e econômica do país. A desvalorização da moeda nacional e a retomada da confiança do mercado nas empresas brasileiras atraem os investidores, alavancando as operações de fusão e aquisição.

Para que as operações sejam intermediadas, é preciso contar com advogados com, pelo menos, uma especialização em direito societário ou empresarial, além de segundo idioma fluente.

Recuperação judicial e falência

Inúmeras empresas, de pequeno a grande porte, estão passando por dificuldades financeiras no atual cenário brasileiro, devido pouca entrada de recursos em caixa e crédito mais caro. A recuperação judicial é um mecanismo jurídico que ajuda na sobrevivência dos empreendimentos, por intermédio da renegociação de dívidas e créditos, com o objetivo de evitar a falência.

Para se ter uma ideia do crescimento dessa, que é uma das áreas de atuação com maior demanda, de acordo com o indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações, foram registrados 828 pedidos de recuperação judicial em 2014, 1.287 ocorrências em 2015 (aumento de mais de 50%) e 1.863 em 2016 (aumento de mais de 40%). Dentre os requerimentos, a imensa maioria é relativa às micro e pequenas empresas.

Apesar dos esforços, nem todas as empresas conseguem sobreviver, e o número de requerimentos de falência também bateu recordes em todo o país: 1.852 pedidos em 2016, 1.783 em 2015 e, em 2014, 1.661 ocorrências.

Consultoria tributária

Diante das dificuldades financeiras, as empresas procuram com maior frequência por profissionais capazes de otimizar a gestão de seus negócios. Um dos perfis de extrema importância para a saúde financeira é o do consultor tributário, que tem formação, normalmente, em Direito.

Os advogados tributários dão suporte às áreas jurídicas, financeiras e de operações (fusão e aquisição), auxiliando em operações fiscais e no planejamento tributário, com o objetivo de evitar autuações fiscais, aproveitar créditos e isenções e economizar recursos.

Em 2017, é bom ficar atento a essas 4 áreas de atuação em expansão para advogados, que vêm crescendo muito com a instabilidade econômica e financeira do país.

Você atua em alguma dessas áreas, ou em outras que também prometem ter um crescimento? Conte pra gente pelos comentários e até a próxima. 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*