12 plataformas e aplicativos que os advogados devem usar

Veja abaixo os aplicativos que os advogados precisam ter

A produtividade e a gestão do tempo dos advogados estão intimamente conectadas: se bem administradas, mais dinheiro fica em caixa no fim do mês. E ter controle de tudo que envolve sua atividade jurídica (finanças, relacionamento com clientes, gestão do escritório e de processos) é essencial.

A tecnologia veio para facilitar nossa vida, e, atualmente,, existem soluções de edição de texto, agenda, organizador e lista de tarefas, scanner manual, gerenciamento de grupos de trabalho, blocos de notas, armazenamento em nuvem, medição de produtividade e inúmeros outros. Por isso, listamos, no post de hoje, 12 tipos de plataforma e aplicativo que todos os advogados devem usar para organizar sua rotina. Acompanhe.

#1 Google Agenda

Como o próprio nome sugere, o Google Agenda é um calendário que exibe seus compromissos, por meio de eventos e lembretes, sendo muito eficiente para enxergar a divisão do tempo feito para as tarefas e visualizar o que é preciso executar. Esse é um aplicativo disponível para iOS ou Android (celular), podendo ser aberto pela sua conta Google.

#2 Google Docs

Plataforma e aplicativo gratuito do Google que substituem as ferramentas da Microsoft: planilhas, editor de textos, formulários e apresentações. Eles são compatíveis com essas ferramentas, e estão disponíveis online (site) e como aplicativo para smartphones.

Além das suas diversas funções, o Google Docs apresenta como vantagem a possibilidade de acessar os documentos de qualquer lugar (mesmo sem internet) e de possibilitar, simultaneamente, o salvamento automático e a conversão do Word/Excel/Power Point para seus documentos, e vice-versa.

#3 Google Drive

O Google Drive é uma plataforma de armazenamento em nuvem (oferece, inicialmente, 15 GB) que o advogado pode utilizar para guardar o que desejar, desde documentos até vídeos. Sua maior vantagem é não utilizar a memória interna dos computadores ou smartphones para o armazenamento e o acesso aos arquivos de qualquer lugar.

Para tanto, basta ter acesso a um computador, ao smartphone ou ao tablet. Além disso, a plataforma tem uma função que permite compartilhar arquivos e pastas, convidando pessoas para visualizarem, fazer o download ou editar o arquivo, sem necessidade de utilizar o e-mail.

O OneDrive (Microsoft) e o Dropbox são plataformas que possuem as mesmas funções, mas oferecem, inicialmente, um espaço de armazenamento menor.

#4 Evernote

O lema do Evernote é “lembre-se de tudo”. Por aí já dá pra ter uma noção do que é essa plataforma online ou aplicativo para computador e smartphone. Atualmente, ele é uma das ferramentas de organização mais populares, sendo a preferida dentre os brasileiros – e não sem motivo.

Suas funções vão muito além da mera criação de notas e lembretes (funcionalidade do Todoist e do Remember The Milk), permitindo o compartilhamento online de conteúdo de sites, o emparelhamento de contas, o uso de modo de apresentação (é uma alternativa ao Power Point), a inserção de fotos nas notas, a digitalização de cartão de visitas, dentre outros. Ou seja, é uma das plataformas obrigatórias para advogados!

#5 Pipefy

A Pipefy é uma plataforma criada no Brasil, mas que se expandiu para o famoso Vale do Silício (EUA). Sua principal funcionalidade é ter soluções para gerir a produtividade do seu negócio, sendo voltada, principalmente, para pequenas e médias empresas. Se você possui um escritório, ela é ideal para organizar e executar os processos em um só local, além de conter testes relacionados ao marketing, organização administrativa e gestão de equipe.

#6 Pocket

Conhecido anteriormente como “Read it later”, o Pocket é um aplicativo multiplataforma que armazena qualquer texto que os advogados desejarem, para que seja lido em momento posterior. Diante da rotina intensa, é um aplicativo interessante para que os profissionais não percam os artigos e textos que são de seu interesse. Uma vantagem é que não é preciso ter conexão com a internet para acessar os arquivos salvos.

#7 Advogado Correspondente

O Advogado Correspondente é uma plataforma online que conecta profissionais e clientes da prática jurídica de todo o país. Seu objetivo é trazer maior celeridade e reduzir custos na execução de atividades acessórias à advocacia. E como ele faz isso? Conectando advogados que se cadastram para a advocacia de apoio e os clientes que têm demandas jurídicas (escritórios de advocacia, empresas, outros advogados).

#8 Feedly

O Feedly é o aplicativo queridinho de muitos advogados. Ele traz as notícias em tempo real dos sites preferidos do usuário, além de permitir o compartilhamento do conteúdo nas redes sociais. Pode ser acessado pela conta online no site ou pelo celular.

#9 Scanner Pro

“Transforme seu iPhone ou iPad em um scanner portátil” é o lema do Scanner Pro, da Readdle. Ele é uma ferramenta imprescindível para os advogados, pois transforma a câmera do celular em uma digitalizadora, com o bônus de já tratar a imagem e de transformá-la em arquivo PDF. Os profissionais não precisam estar mais nos escritórios para digitalizar  documentos pessoais e outros.

Se você não possui aparelhos da Apple, pode utilizar o Tiny Scanner ou qualquer outro com a mesma funcionalidade.

#10 Vade Mecum Online

Os advogados que querem deixar de carregar a “bíblia jurídica” por aí precisam utilizar o aplicativo Vade Mecum, que traz toda a legislação mais utilizada no dia-a-dia dos profissionais do direito. Ele simula uma caneta marca-texto, permite anotações, além de ter atualizações com um mero toque e da possibilidade de escutar a lei em estudo. Sim, o aplicativo lê pra você!

#11 DocuSign

Assinar digitalmente documentos de qualquer lugar é a proposta da DocuSign. O aplicativo para aparelhos da Apple é gratuito, e basta os advogados abrirem um documento PDF e seguir as instruções. Nas versões mais avançadas, é possível definir as pessoas que precisam assinar os documentos, atribuindo critérios de hierarquia e obrigatoriedade.

#12 E-DOU

Imagine você, advogado, ter que consultar todos os diários oficiais de interesse de seus clientes, porque aguarda uma publicação. A perda de tempo seria enorme!

Como alternativa, o e-DOU foi criado. Ele é um portal para consultas de diários oficiais com o objetivo primordial de facilitar o rastreio de matérias de interesse do usuário, por meio da disponibilização de um sistema de busca simples e eficiente, com resultados efetivos.

O e-DOU permite a qualquer interessado conferir, gratuitamente, conteúdos de relevância pública divulgados pelo governo e pelo setor privado no Diário Oficial da União (DOU) e nos Diários Oficiais dos Estados (DOE).

A tecnologia veio para facilitar a vida de todos os advogados, e fazer bom uso dos aplicativos, plataformas e ferramentas os auxilia a organizar a rotina, a agenda, e aumentar a produtividade da atividade jurídica.

E você, já usa algum desses apps e plataformas na sua rotina de trabalho? Conte pra gente pelos comentários e até a próxima. 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*