Conheça o investimento RDB – Recibo de Depósito Bancário

Diário Oficial

Quando o assunto é investimento financeiro, a quantidade de opções para a realização desse processo é muito grande. É importante pesquisar muito sobre cada tipo de investimento que existe no mercado, para que essa aplicação seja feita de forma segura e que renda bons frutos.

Investir é uma boa opção para ter mais comodidade e segurança no futuro. Esse texto irá mostrar uma forma segura e fácil de fazer um investimento, forma essa que gera um ótimo retorno para o investidor, que é o RDB (Recibo de Depósito Bancário).

O RDB é um excelente investimento para quem é cuidadoso com o seu dinheiro e conta com uma certa experiência nesse ramo. O RDB é o recibo de um investimento que conta com uma renda fixa, ou seja, é um recibo que o banco oferece para a pessoa que aplicou o seu dinheiro.

 

Como funciona o RDB

Basicamente ele funciona da seguinte forma: a pessoa que deseja fazer esse investimento empresta o seu dinheiro para o banco, para que a instituição o utilize em várias transações. No final do prazo da contratação dessa aplicação, a pessoa receberá o valor corrigido, conforme o que foi aplicado e o que foi combinado no momento da contratação através de um documento.

Em relação ao prazo dessas aplicações, eles podem ser longos ou curtos, o que é bom para o investidor, já que ele tem a opção de investir por pouco tempo, caso seja necessário. Esse valor também poderá ser retirado antes do prazo, porém, sempre que for preciso resgatar o valor dessa forma, será cobrado uma taxa para que o resgate seja feito, além de ser necessário comprovar a emergência do saque e ter um acordo entre ambas as partes.

O valor mínimo a ser investido é de R$1.000. No momento da contratação, é determinada a forma de rentabilidade que o RDB trará para o investidor. Existem duas formas, a pré-fixada ou a pós-fixada, basta escolher a que melhor se adapta as necessidades.

 

Diferenças Entre RDB e CDB

O CDB conta com uma permissão de negociação antes que aconteça o vencimento, enquanto o RDB não é negociável. Diferente do RDB que é emitido por bancos, o CDB pode ser emitido por empresas de crédito e financiamento.

Com permissão de resgate antes do vencimento, com o CDB o dinheiro investido pode ser resgatado a qualquer momento, sem ter um prazo específico, além de também poder ser vendido para outra pessoa.

Para quem busca por notícias ou até pretende publicar algo no Diário Oficial, é muito interessante acessar o site E-DOU, que conta com todas essas informações. Além de publicar vários conteúdos como portarias, decretos, leis, e outros assuntos do gênero.

No E-DOU você realiza consultas gratuitamente no Diário Oficial, além de enviar publicações com máximo eficiência e segurança.

Além disso, é possível também realizar publicações no Diário Oficial da União (DOU) e nos Diários Oficiais dos Estados (DOE) com o auxílio do E-DOU, o portal especializado em intermediar esse tipo de processo.

Navegue pelo site para obter mais informações.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*