Auditoria Contábil X Financeira — Entenda as Diferenças

auditoria contábil

Você já ouviu falar em auditoria contábil? Esta é uma forma de analisar e supervisionar as atividades de uma empresa. Existem diversas formas  de auditoria, entre elas a contábil e financeira. Essa análise também pode derivar das ações internas ou externas. No primeiro caso, a função é criar uma supervisão interna.

Já no segundo, pode ser requerida por processos judiciais ou para atestar no mercado que a empresa segue boas práticas. Seja como for, este processo é cheio de detalhes, que iremos explicar para você. Confira a diferença entre auditoria contábil e financeira.

 

Auditoria contábil

Assim como sugere o nome, esta forma de auditoria se refere aos documentos contábeis da empresa. Todos aqueles documentos oficiais que registram demonstrativos contábeis são analisados. O objetivo é conferir se as informações apresentadas nestes documentos de fato correspondem a realidade patrimonial da empresa.
O auditor responsável pela ação, deve analisar o saldo de fechamento do exercício anterior e comparar os dados com o saldo positivo apresentado no período auditado. Em caso de discrepâncias, os dados deverão passar por uma análise profunda e podem identificar problemas internos.
É de extrema importância que auditorias ocorram regularmente em uma empresa, principalmente uma de porte grande, pois desta forma evitam-se fraudes, distorções e “maquiagem” de dados em favor de terceiros, que não correspondem aos interesses da empresa e do cumprimento da lei.

Entretanto, apenas uma auditoria contábil não é o suficiente para manter a transparência dentro da sua organização, a parte financeira deve ser analisada de forma separada. Entenda mais abaixo:

Auditoria financeira

O objetivo de contestar os dados para aferir a regularidade das atuações dentro da empresa,é o mesmo que uma auditoria contábil. Porém, esta análise se foca nas movimentações financeiras. Aqui, a meta principal é verificar se os valores financeiros declarados estão de acordo com o que consta nos diversos extratos bancários e notas fiscais.

É uma parte importante para a saúde da empresa, pois pode detectar desvios de verba, superfaturamentos, realocação de recursos. Estas práticas ocultas podem prejudicar os lucros e causar sérias complicações judiciais.
A recomendação é que aconteça uma auditoria financeira e uma auditoria contábil periodicamente na empresa, mesmo que seja para fins de análise interna.

Agora que você já sabe as diferenças entre auditoria contábil e financeira, confira também  O Que Muda Com o Novo Padrão Internacional de Contabilidade e não deixe de comentar a sua opinião abaixo. Para mais conteúdos confira o site do E-dou

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*