Qual a Diferença entre Profissional Liberal e Autônomo?

Diferença entre profissional liberal e autônomo

Há muita confusão sobre o que é profissional liberal e autônomo. Inclusive, muitas pessoas pensam que ambas as categorias são iguais. Porém, não são. E para saber mais detalhes e entender as diferenças entre esses dois tipos de categoria, a alternativa é se informar sobre o que cada um deles faz, como se tornam profissionais e como eles atuam.

Portanto, veja abaixo tudo que é necessário saber para diferenciar um profissional liberal de um autônomo:

O que é um profissional liberal?

A principal característica do profissional liberal, e que o diferencia dos outros tipos de profissionais, é que ele tem registro em um conselho específico, tais como OAB, no caso dos advogados, CRO, no caso dos dentistas e CRM, no caso dos médicos. Portanto, eles são profissionais certificados por alguma instituição de ensino e precisam do registro no conselho de sua profissão para atuar legalmente.

Outra importante característica é que o profissional liberal pode ter o seu próprio negócio, mas também pode ter vínculos empregatícios com empresas, inclusive, com mais de uma, mas pagam tributos anualmente por suas atividades, costumam ser sindicalizados e são totalmente responsáveis por seus atos profissionais, podendo responder civilmente em casos de erros e falhas.

O que é um profissional autônomo?

Ter autonomia é tomar suas próprias decisões e não depender de terceiros. Portanto, assim são os profissionais autônomos. Eles não possuem vínculo com nenhuma empresa ou empregador e prestam seus serviços por conta própria, com muito mais liberdade que os funcionários CLT, por exemplo. Porém, como consequência, os autônomos não recebem direitos trabalhistas, tais como férias, décimo terceiro salário e FGTS.

Além disso, outra característica que diferencia o profissional liberal do autônomo, é que, para exercer sua profissão legalmente, este último não precisa de nenhum tipo de certificação. Seu conhecimento geralmente é aprendido na prática ou com estudo não certificado, como é o caso de muitos jardineiros, marceneiros e eletricistas.

Caso queira tirar outras dúvidas, como conhecer a diferença entre ONG e empresa, continue navegando no E-DOU, que tem muitas explicações interessantes e úteis. Navegue!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*