Como Fazer um Balanço Patrimonial?

como-fazer-um-balanco-patrimonial

Veja, neste artigo, os elementos que compõem a demonstração contábil de uma empresa e como fazer um balanço patrimonial.

Entenda os conceitos envolvidos no balanço patrimonial

Para saber como fazer um balanço patrimonial, é importante estar a par dos conceitos básicos que o cercam. Entenda melhor a seguir:

  • Livro Razão: registro sistemático das contas, com discrepância de créditos, débitos e saldos;
  • ativos: bens e direitos da empresa. Direitos são os valores que dependem de terceiros, como contas a serem recebidas;
  • passivos: contas a pagar. São as obrigações financeiras, como impostos e dívidas da empresa;
  • grau de liquidez: prazo no qual os ativos viram dinheiro de fato. Eles podem ser de curto prazo (transformados em dinheiro ou quitados até o término do próximo ano) ou longo (aqueles que só viram dinheiro ou só são quitados após o fim do ano seguinte);
  • patrimônio líquido: valores que pertencem aos acionistas ou quotistas da empresa;
  • direitos: valores mensurados que não representam um bem;
  • obrigações: deveres, como contas ou atividades que devem ser feitas, como atividades a serem executadas pela empresa.

Como são as estruturas dos ativos e passivos?

Como você viu acima, ativos são bens e direitos da empresa e passivos são contas a pagar. Para saber fazer um balanço patrimonial, é preciso separá-los em suas devidas categorias e estruturas. Isso serve para que a natureza do valor inserido seja mais fácil de ser identificada no balanço. Veja como eles se dividem:

  • ativo circulante: recursos que já estão no caixa ou contas a receber dentro de um ano;
  • ativo não circulante: investimentos e direitos a longo prazo. Como informamos acima, se trata daqueles que se tornarão recursos em um prazo maior de um ano;
  • passivo circulante: pagamentos que devem ser quitados em até um ano;
  • passivo não circulante: pagamentos que podem ser quitados por um período maior do que um ano, como os parcelados;

Por fim, é importante saber que outra parte da estrutura de um balanço patrimonial é o Patrimônio Líquido, ou seja, recursos investidos pelos acionistas, assim como reservas de lucro e capital.

Como fazer um balanço patrimonial: conheça os passos

Descubra, a seguir, quais são os passos para elaborar o balanço patrimonial da sua empresa.

  1. agrupamento os ativos e passivos: especifique a natureza de cada um;
  2. conciliação dos saldos contábeis: faça a verificação do saldo por meio de extratos bancários e Livros diários;
  3. reclassificação das contas patrimoniais: onde são aplicados possíveis modificações externas sobre os valores, para que o valor final esteja de acordo com o momento atual da empresa;
  4. lançamentos de encerramento: etapa de encerramento de receitas e despesas para que o lucro, ou prejuízo, seja integrado ao patrimônio da empresa;
  5. classificação das contas patrimoniais: se houverem resultados negativos, é aqui que ele será incorporado ao patrimônio via conta de prejuízo acumulado.

 

Por fim, ao fazer um balanço patrimonial é importante apresentá-lo em duas colunas. De um lado, os valores ativos e de outro os passivos e patrimônio líquido.

 
Além de saber como fazer um balanço patrimonial, colocar tudo em prática é um processo repleto de detalhes, por isso, muitas vezes, o mais indicado é que a empresa contrate um serviço contábil para evitar erros. Principalmente se é pretendido realizar a publicação do balanço em um Diário Oficial!

 
Para mais conteúdos como esse, continue acompanhando o e-DOU!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*