Prospecção de clientes para um advogado pela Internet

Conheça as estratégias que ajudam na prospecção de clientes para um advogado

Traçar estratégias que ajudam na prospecção de clientes para um advogado é essencial para se consolidar no mercado e crescer na carreira. Ter um profissional que seja responsável por elas pode ser um diferencial., mas muito atenção: não é qualquer pessoa que pode ficar responsável pelas suas ações estratégicas. Contar com um publicitário que saiba trabalhar bem com os recursos digitais é a melhor escolha.

Isso porque é importante ter um site otimizado que atinja bom ranqueamento nos sistemas de buscas, além de ter produção de conteúdo segmentado e de valor. No artigo de hoje, veja como a internet pode ajudar na prospecção de clientes para um advogado.

A eficiência do marketing jurídico digital na prospecção de clientes para um advogado

Empresas de qualquer atividade têm investido em marketing digital, e os escritórios de advocacia estão acompanhando essa tendência. O marketing jurídico deve ser feito respeitando os limites impostos pelo Código de Ética e Disciplina da OAB e, quando feito por alguém com conhecimento em internet, traz muitos resultados satisfatórios.

Muitos advogados não conseguem efetuar um marketing pessoal ou do escritório que traga credibilidade e bom posicionamento no mercado. Linguagem, aparência física, comportamento e ações fazem parte da análise de um potencial cliente. Por isso, o profissional deve ser orientado e estar sempre atento a fatores que influenciam na decisão.

O marketing jurídico digital é esse motor que orienta e aprimora a marca do profissional, melhorando sua presença na internet. E quais são as práticas mais comuns do marketing?

Adotar o marketing de produto e de conteúdo

“Marketing de produto” é aquele baseado na segmentação do público, que descobre as demandas reprimidas do mercado e que podem ser atendidas com um modelo de excelência especializado.

Imagine que você atue em um segmento do Direito em que há ampla concorrência, mas possua amplo conhecimento sobre um assunto complexo e específico, porém com demanda reduzida. Apesar da procura ser baixa, você percebe que as empresas que necessitam do seu serviço optam por profissionais de fora da cidade, possivelmente por não conhecê-lo.

Ao invés de atuar na área que possui muitos concorrentes, você pode contratar um profissional de marketing para traçar uma estratégia de publicidade que vai criar um relacionamento entre seus serviços e essa demanda reprimida. Mas como criar esse relacionamento?

Por meio do marketing de conteúdo. O conteúdo é, atualmente, a moeda de maior valor em uma troca comercial. É ele quem possibilita um profissional se relacionar com potenciais clientes, o que faz com que o advogado comece a ser visto como autoridade no assunto. O conteúdo de valor chega até às pessoas com sua permissão: elas percebem que têm um problema, e que ele pode ser resolvido por você.

Disponibilizar conteúdo de valor a potenciais clientes

Agora, imagine que você seja um advogado tributarista especializado em fusões e aquisições. Seu mercado está em crescimento devido à crise econômica que atinge o mundo inteiro, o que ocasiona a necessidade de as empresas se unirem para sobreviver no mercado.

Seu potencial cliente, certamente, está procurando entender os desdobramentos e conceitos que envolvem o tema, mas talvez não saiba ainda que o auxílio de um advogado torna o processo muito mais seguro para as empresas envolvidas.

Se você passa a produzir conteúdos relevantes que ajudam o leitor e são capazes de sanar as dúvidas desse gestor, começa a criar uma relação de confiança e autoridade por meio das informações que disponibiliza. Aos poucos, ele passa a considerar seus serviços como uma alternativa segura de realizar o processo.

Percebe como um conteúdo de valor pode contribuir – e muito – na prospecção de clientes para um advogado clientes? É importante lembrar que, para não ferir o Código de Ética da OAB, a publicidade da advocacia deve ter caráter informativo, e a disponibilização de conteúdo se adéqua perfeitamente às normas.

E mais: se o conteúdo realmente cativar o leitor, ele se tornará um promotor espontâneo do advogado – e, nesse sentido, o compartilhamento pelas redes sociais é capaz de atingir um público inimaginável.

Utilizar a internet como canal de relacionamento

A internet não é um mero veículo de publicidade. Para ser eficaz, ela deve ser tratada como um canal de relacionamento que aproxima profissionais de potenciais clientes. Por isso, o relacionamento por e-mail, sites, blogs e redes sociais é sempre necessário – é ele que expõe seus serviços de forma inteligente, mantendo o interesse do público-alvo.

Existe um determinado público que nunca seria atingido por advogados autônomos ou escritórios de pequeno porte se não fosse pela internet e pela sua característica de possibilitar a criação de relacionamentos. Para se ter uma ideia, um post patrocinado pelo Facebook possui um custo baixo para atingir 5.000 pessoas. Imagine o valor para alcançar esse público com o marketing tradicional?

Aumentar o networking

Qualquer profissional de sucesso, independentemente do segmento de atuação, possui uma boa rede de contatos. O chamado networking é muito relevante para consolidar a base de uma carreira, qualquer que seja ela, e a internet pode contribuir para aumentar essa rede.

O networking está sempre em construção. O estudante de direito se relaciona com seus colegas de faculdade, com os chefes de estágio e com os professores. Ao se formar, vai se relacionar com seus superiores no trabalho, com os demais advogados e profissionais do Direito.

Em muitos casos, essas relações se distanciam quando cada um segue seu caminho. A internet, porém, é capaz de manter a conexão entre essas pessoas e criar outras. Se seu orientador confiava em você, ele pode ser um profissional que o indicará para determinada demanda. O novo cliente, caso se sinta satisfeito com seu trabalho, também será um promotor de seus serviços, e daí por diante.

Além dessa possibilidade, a internet dá maior publicidade aos eventos que aproximam os profissionais do mercado jurídico, de diversas áreas de atuação. Seminários, conferências e encontros comemorativos reúnem advogados, juízes e promotores, e o contato com eles amplia sua rede de contatos. Com a distância física, somente a internet é capaz de mantê-la.

Por fim, é importante destacar o papel da internet em unir virtualmente os advogados em torno da profissão. Existem muitos grupos de profissionais criados para discutir casos, o que acaba se tornando uma boa possibilidade de conhecer potenciais parceiros que indicariam seus serviços para clientes com demanda em sua área.

A internet, atualmente, deve ser encarada como um dos mais importantes mecanismos que colaboram na prospecção de clientes para um advogado. Você sabe como utilizá-la de forma eficiente? Ficou com alguma dúvida sobre os benefícios de investir nessa estratégia? Escreva pra gente pelos comentários e até a próxima,

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*